sex. nov 16th, 2018

AMPB credita tranquilidade do pleito na Paraíba à dedicação dos juízes eleitorais

“A Justiça Eleitoral, composta por juízes estaduais de carreira, que exercem cumulativamente as suas funções na Justiça Estadual, chega aos rincões mais distantes do País, garantindo a lisura das eleições e o pleno exercício da democracia”. A declaração do magistrado Fabrício Meira traduz o trabalho do Poder Judiciário para a realização de um pleito organizado e tranquilo neste dia 2 de outubro no Estado da Paraíba. Fabrício Meira atua como juiz eleitoral na 62ª Zona Eleitoral da Paraíba ( integrada por Boqueirão, Caturité, Barra de Santana, Riacho de Santo Antônio e Alcantil).

O presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, juiz Horácio Melo, percorreu algumas comarcas do interior do Estado durante este domingo (2), dando apoio associativo aos juízes e juízas que cumprem seu papel na condução do pleito 2016. “Nossos magistrados comprovaram sua competência, demonstrando lisura e ética na condução dos trabalhos, com dedicação e responsabilidade. Os paraibanos foram às urnas em um processo eleitoral sem qualquer incidente”, comentou Horácio.

O representante da magistratura paraibana visitou juízes eleitorais nas cidades de Cajazeiras, Sousa, Campina Grande, Juazeirinho, Patos, Pombal, Pocinhos.

“Pode haver deficiência de serviços públicos essenciais ou de acesso a atividades econômicas privadas, mas tem Justiça Eleitoral. Estamos sempre presentes”, declarou o juiz Diego Fernandes Guimarães, juiz auxiliar eleitoral que atendeu, entre outras localidades, o Sítio Tambor, em Cachoeira dos Índios, sertão da Paraíba.

A AMPB parabeniza a todos que colaboraram para o sucesso das eleições 2016. “A cada juiz eleitoral e ao nosso Tribunal Regional Eleitoral quero deixar o reconhecimento e a admiração desta Associação”, concluiu Horácio Melo.

 

Imagem ilustrativa: Reprodução / Internet

Fonte: PB Agora

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.