Claudio Lima poderá ser conduzido coercitivamente

Secretário de Segurança não compareceu a uma audiência do MPT para tratar sobre a interdição do IPC.

O secretário de Estado da Segurança e Defesa Social da Paraíba, Cláudio Lima, não compareceu a uma audiência realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na tarde desta sexta-feira (9), para tratar das irregularidades encontradas no Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa. De acordo com o procurador Eduardo Varandas, caso ele não compareça na próxima audiência, poderá ser conduzido coercitivamente para prestar esclarecimentos.

“Se ele não comparecer na próxima audiência, o Ministério Público pode determinar uma condução coercitiva já na próxima audiência”, disse o procurador Eduardo Varandas.

Ainda de acordo com Varandas, uma nova audiência foi marcada para às 13h da próxima sexta-feira (16). Nesta audiência, a Polícia Federal deverá ficar avisada caso precise cumprir a decisão do MPT de conduzir o secretário de Segurança.

Portal Correio tentou entrar em contato com o secretário Cláudio Lima, mas as ligações não foram atendidas.

O IPC foi fechado na terça-feira (6), após uma fiscalização do MPT que constatou uma série de precariedades no local. Parte dos serviços foi transferida para núcleos do IPC no interior da Paraíba e para a Acadepol. Até esta sexta (9), a emissão de RGs ainda estava indefinida.

A Secretaria de Segurança e a direção do IPC fizeram uma entrevista coletiva, mas passaram 30 minutos falando apenas que os serviços estavam suspensos e não apresentaram nenhuma solução para a população.

O governo do Estado anunciou recurso contra a medida do MPT que, por sua vez, criticou os ataques do Estado à medida que culminou com o fechamento do IPC em João Pessoa.

 

Imagem destacada: Reprodução internet.

 

Fonte: PORTAL CORREIO.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.

Gilson Alves

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Comentários

Loading Facebook Comments ...