Com gol olímpico, Botafogo-PB vence o Náutico no Nordestão e reassume liderança do grupo

Botafogo – PB 2 X 1 Náutico – PE.

Meia Marcos Aurélio comandou vitória do Belo contra os pernambucanos com uma assistência e um bonito gol olímpico.

O Botafogo-PB segue com tudo na Copa do Nordeste. Depois de bater o Bahia, em Salvador, na primeira rodada, agora foi a vez de passar por cima do Náutico, desta vez jogando em casa. O Belo saiu atrás no marcador – Wallace Pernambucano abriu o placar para os pernambucanos -, mas conduzido pelo meia Marcos Aurélio conseguiu a virada ainda no primeiro tempo. Gladstone empatou depois de passe do camisa 10, que caprichou em uma cobrança de escanteio no fim da primeira etapa e marcou um bonito gol olímpico.

Com a vitória, o Botafogo-PB chega aos seis pontos e reassume a liderança do Grupo C. O Náutico segue com um ponto e continua na terceira colocação.

O Botafogo-PB volta a entrar em campo neste domingo, em pleno Carnaval, para jogar contra o CSP, pelo Campeonato Paraibano. O Náutico só joga agora na próxima quarta-feira, quando vai até Feira de Santana enfrentar o Fluminense de Feira, pela Copa do Brasil.

O Náutico iniciou o jogo indo para cima e tentando surpreender o Botafogo-PB. E conseguiu logo aos quatro minutos, quando Wallace Pernambucano aproveitou cruzamento de Medina e mandou para o fundo das redes. A festa do Timbu durou pouco. Cinco minutos depois, Marcos Aurélio cobrou escanteio na área e Gladstone subiu sozinho para empatar. Daí em diante, as equipes mostraram pouca força ofensiva e apenas no último lance a rede voltou a balançar. E com estilo. Em nova cobrança de escanteio, Marcos Aurélio mandou direto do gol e virou para o Belo com um bonito gol olímpico.

Os 45 minutos finais foram de mornos para frios. As equipes pouco produziram na parte ofensiva do campo e os goleiros Edson e Bruno quase não trabalharam. O Botafogo-PB voltou a levar perigo em bolas paradas, mas não conseguiu ampliar o marcador e levou a vantagem de um gol até o final, deixando a torcida apreensiva nas arquibancadas do Almeidão. O Timbu ainda pressionou no final e quase chegou ao empate em duas cobranças de faltas perigosas com Wallace Pernambucano e Cal Rodrigues.

 

Imagem destacada: Reprodução internet.

 

Fonte: GLOBO ESPORTE – PB.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.

Gilson Alves

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Comentários

Loading Facebook Comments ...