sáb. nov 17th, 2018

Couto visita grupo que está em greve de fome em Brasília contra prisão de Lula

O deputado federal paraibano Luiz Couto (PT), que é presidente da Comissão de Direitos humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, participou na tarde desta terça-feira (7), junto com os deputados federais Elvino Bohn Gass (PT-RS), Enio Verri (PT-PR), Henrique Fontana (PT-RS), Luiz Sergio (PT-RJ), Leonardo Monteiro (PT-MG), Nilto Tatto (PT-SP), Padre João (PT-MG), João Daniel (PT-SE), Marcon (PT-RS) e José Airton Cirilo (PT-CE), do ato organizado pelos militantes de organizações do campo e da cidade em greve de fome pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O grupo foi ao Supremo Tribunal Federal (STF) para protocolar 11 pedidos de audiência com os ministros que compõem a mais alta Corte. Eles querem que o tribunal coloque em votação duas ações declaratórias de constitucionalidade (ADC) que questionam a possibilidade de prisão, após condenação em segunda instância, do petista.

“Manifesto minha solidariedade aos militantes promovem esse grande ato conjunto, com a greve de fome, no intuito de colocar em pauta duas Ações Declaratórias de Inconstitucionalidade cujo objetivo é deixar claro que não se pode prender alguém a não ser em flagrante delito ou quando transitado em julgado. É isso que reza nossa Constituição. Prenderam nosso ex-presidente por alegação de ser dono de um tríplex que nunca pertenceu a Lula. As provas do processo estão bem fundamentadas, mas a justiça que foi imposta a Lula feriu todos os princípios constitucionais existentes. Isso foi uma invenção de Sergio Moro, que está nitidamente trabalhando para os Estados Unidos”, afirmou o deputado Luiz Couto.

O protesto extremo, que chegou ao seu oitavo dia nesta terça-feira (7), ganhou a adesão do militante do Levante Popular da Juventude Leonardo Armando. Com ele, agora são sete os manifestantes em greve de fome. O estado de saúde dos seis primeiros, que resistem sem ingerir nenhum alimento, apenas tomando água e soro, chama a atenção das equipes de saúde, o que aumenta a pressão sobre as autoridades para o atendimento da pauta dos grevistas.

 

Imagem destacada: Reprodução internet.

Foto: autor desconhecido – Foto do Facebook de Luiz Couto.

 

Fonte: WSCOM

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.