Militante é baleada durante protesto na Paraíba

De acordo com presidente da CUT-PB, um homem furou o bloqueio e atirou na militante.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT-PB), Paulo Marcelo, confirmou que uma militante foi baleada na manhã desta sexta-feira (6) durante o protesto contra prisão do ex-presidente Lula. Pelo menos dois pontos de bloqueio nas rodovias BR-230 e BR-101 foram interditados por manifestantes.

De acordo com presidente da CUT-PB, a militante Lindinalva Pereira de Lima, foi baleada nas imediações de Mata Redonda, Litoral Sul da Paraíba. Ele contou que uma pessoa furou o bloqueio e atirou, acertando a militante na perna. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Emergência e Trauma em João Pessoa.

Os manifestantes estavam liberando a passagem apenas para ambulâncias, carros da polícia e com pessoas doentes. O acusado insistiu e passou por cima do bloqueio, os manifestantes começaram a arremessar pedras então ele sacou a arma e atirou.

Paulo ainda convocou a população para participar de um ato em protesto ao mandado de prisão de Lula emitido pelo juiz Sérgio Moro, nesta sexta, a partir das 14h, na frente do Lyceu Paraibano, Centro de João Pessoa.

“É um sentimento de que estão querendo destruir a maior liderança popular do país. Vamos protestar contra o desrespeito à constituição e a democracia”, destacou Paulo.

 

Imagem destacada: Reprodução internet.

 

Fonte: WSCOM.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.

Gilson Alves

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Comentários

Loading Facebook Comments ...