qua. nov 14th, 2018

PT impõe condição para Couto figurar na majoritária ao lado de Azevêdo

Sinuca de bico- Petista condiciona Couto ao senado na chapa de Azevedo, mas sem participação de Vené: “Não temos obrigação de votar nele”.

O vereador de João Pessoa Marcos Henriques (PT) está pleiteando ao seu partido a oportunidade de voar mais alto, saindo da Câmara Municipal direto para a Câmara Federal, mas a missão vai além de conseguir votos. O motivo é que ele pode herdar a fidelidade dos eleitores do atual deputado federal da sigla, Luiz Couto (PT), mas para isso terá uma dificuldade em relação a condição de Couto deixar a disputa pela Câmara, indo para a disputa ao Senado Federal.

Atualmente a situação é de que Couto pediria espaço na chapa encabeçada pelo pré-candidato ao Governo João Azevedo para ser um dos nomes ao Senado, fora isso teria que sair de forma avulsa, já que fazer aliança com o MDB  de José Maranhão é fora de questão, por se tratar, segundo os petistas de um partido golpista.

No entanto, além de pedir esse espaço ainda há outro problema citado pelo vereador, o outro nome candidato ao Senado, que pode ser do DEM, ou até do PSB, mas que responde pelo nome de Veneziano Vital, que na época do impeachment votou contra a ex-presidente Dilma Roussef e virou odiado dos petistas.

O vereador explicou que tudo isso vai ser discutido ainda e não acredita que o apoio incodicional a Lula, que segue preso em Curitiba, vá atrapalhar o partido em relação aos prazos para tais negociações que já estão a pleno vapor na Paraíba.

“As tratativas e negociações estão acontecendo. Nossa presidente Gleisi Helena Hoffmann a senadora estado do Paraná deve estar vindo para ajudar nessa negociação e tudo indica que Couto será o nosso nome ao Senado. Ele indo, é claro que os votos ideológicos do deputado vão ser disputados, não apenas por mim, mas por todos os outros candidatos. Couto tem uma trajetória limpa e coerente e nós levaremos o projeto progressista encabeçado pelo ex-presidente Lula. No entanto, Couto não sairá avulso, ele só disputará uma vaga ao Senado se ele estiver numa chapa que tenha o mesmo compromisso. Se nós estamos com o PSB vamos pleitear essa formação. Sobre o outro nome ao Senado ser o de Veneziano nós ainda não temos essa confirmação e não tivemos um debate sobre isso, mas não votaremos nele, não temos essa obrigação, até porque ele votou contra a presidente Dilma. Mas é prematuro dar nossa opinião. E sobre Lula não temos plano B, ele será o nosso candidato mesmo estando na cadeia, não vamos desistir dele”, explicou o vereador.

 

Imagem destacada: Reprodução internet.

 

Fonte: PB AGORA.

Comentários

Loading Facebook Comments ...

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.