Tenório se despede da Paralimpíada com sexto pódio seguido da carreira

Judoca Alana fica com prata na disputa do judô feminino até 70kg.

Um dos favoritos para levar o ouro no judô, na categoria até 100kg, Antônio Tenório foi surpreendido pelo sul-coreano Gwanggeun Choi. Após bom início, o brasileiro tomou Ippon do adversário e ficou com a medalha de prata. Arquibancada se surpreendeu com a derrota, mas gritou muito o nome dele após o término do duelo.

Tenório é uma das lendas dos esporte paralímpico brasileiro. Ele subiu no pódio nas seis Paralimpíadas que disputou, conquistando um total de quatro ouros e duas pratas.

Primeira a entrar no tatame foi a Alana Martins, contra a mexicana Lenia Fabiola, pela categoria até 70 kg. A brasileira ficou com a prata, após ser imobilizada pela adversária. Alana chorou muito depois do duelo e foi abraçada pela torcida, que reconheceu o esforço da lutadora, mais uma medalhista brasileira nos Jogos Paralímpicos.

Quem também tinha chance de levar ouro no judô era o brasileiro Wilians Silva, na categoria acima de 100kg. Porém, com apenas dois segundos de luta, Adiljan Tuledibaev, do Uzbequistão, aplicou um Ippon no judoca da casa e levou o ouro.

Deanne Silva disputou o bronze na categoria acima de 70kg contra a americana Christella Garcia. Apesar de dominar quase todo duelo e estar vencendo por Wazari, ele acabou imobilizada pela adversária quando faltava dois minutos para o fim do duelo e perdeu a medalha.

 

Foto destacada: Reprodução / Internet

Com informações de iG

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo WhatsApp (83) 9.9166.6272.

Gilson Alves

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Comentários

Loading Facebook Comments ...