Denúncias Paraíba Policial

Zelador acusado de estupro em escola de JP é condenado a 24 anos de prisão

O ex-zelador de uma escola particular de João Pessoa acusado de estuprar estudantes foi condenado a 24 anos e seis meses de reclusão em regime fechado, conforme o Artigo 217 do Código Penal. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (18) pela assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

Os casos de estupro dentro da escola começaram a ser denunciados e divulgados em março deste ano, após os pais das vítimas descobrirem os crimes, que teriam ocorrido em 2018. O então zelador é acusado de abusar sexualmente de pelo menos quatro estudantes e, para isso, ele teria o apoio de outros adolescentes. A escola particular demitiu o funcionário durante as investigações.

Três adolescentes, com idades de 13, 14 e 17 anos, foram apreendidos no dia 11 de março deste ano, suspeitos dos estupros junto com o ex-zelador, e estão no Centro Educacional do Adolescente (CEA), em João Pessoa.

Em nota, a escola particular informou que colaborou com as investigações e reforçou a segurança nas unidades de ensino.

 

 

 

 

 

 

Redaçaõ com informações Portal Correio.

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo número do WhatsApp (83) 9.98846.4407.

Weslley Lino
Jornalista, social media e assessor de comunicação.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.