Em ótima fase, Rafael Oliveira já tem números melhores do que os de 2015

Em ótima fase, Rafael Oliveira já tem números melhores do que os de 2015

Camisa 19 do Botafogo-PB chegou a 15 gols em 2017. Números bem mais expressivos que os da última temporada em que o atleta brilhou pelo Belo, dois anos atrás.

Quando Rafael Oliveira veste a camisa do Botafogo-PB, o torcedor fica  tranquilo quando assunto é o setor ofensivo. Em sua segunda passagem pelo clube, os diversos gols marcados nesta temporada fazem todos se lembrarem do velho artilheiro de 2015, quando o jogador brilhou e chamou a atenção de clubes de fora da Paraíba.

Naquela ocasião, o jogador marcou 15 vezes em dezenove jogos disputados pela equipe. Neste ano, os números são ainda mais impressionantes: já são 15 gols marcados em 16 jogos disputados somando Campeonato Paraibano e Copa do Nordeste.

Com números bastante expressivos, o artilheiro do Brasil em 2017 não poupou elogios ao elenco do Botafogo-PB. Segundo Rafael Oliveira, a fase não seria tão boa se jogadores e comissão técnica não realizassem uma campanha tão sólida nesses quatro meses de temporada.

– Estou muito feliz pelo momento, mas tenho que agradecer e compartilhar esta fase com todos os meus companheiros e com a comissão técnica. Estamos trabalhando muito para que o Botafogo conquiste os seus objetivos – ressaltou o atacante.

A versatilidade do atacante tem colaborado para que o Belo conquiste vitórias importantes. Nas 13 vezes que Rafael Oliveira entrou em campo pelo estadual, o Botafogo venceu 9 vezes. E uma das jogadas que mais tem colaborado para Rafael marcar gols são os lances de bola parada. Foi justamente essa questão que o artilheiro da camisa 19 reforçou.

– A gente repete bastante os lances de bola parada nos treinamentos. O professor Itamar cobra muito, tanto defendendo quanto atacando. Creio que tudo isso é fruto de trabalho. As coisas não acontecem por acaso – contou o artilheiro botafoguense.

Já classificado para as semifinais do estadual, o Botafogo conseguiu tudo o que poderia ter conquistado nesta primeira fase. Classificação em primeiro lugar e vantagem até mesmo em uma eventual final.

Apesar disso, o Belo vai encerrar a primeira fase recebendo o Treze no Estádio Almeidão, em João Pessoa. Ambas as equipes já estão classificadas, porém, para o Galo, ainda vale a definição se o time termina em terceiro ou em quarto lugar.

Contudo, para Rafael Oliveira, o Clássico Tradição é importante mesmo sem valer muito para o Paraibano. O atacante ainda aproveitou para convocar a torcida para apoiar o time no duelo.

– Independente da situação no Campeonato Paraibano, é clássico. A gente vai jogar para ganhar e espera que o torcedor vá ao Estádio Almeidão. Precisamos deles para realizar mais um grande jogo – encerrou Rafael Oliveira.

 

Imagem ilustrativa: Reprodução / Internet

Fonte: Globo Esporte-PB

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Deixe seu comentário