ESPERANÇA: Jefferson Kita toma posse como novo prefeito de Bayeux

ESPERANÇA: Jefferson Kita toma posse como novo prefeito de Bayeux

O presidente da Câmara Municipal de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania) foi notificado na tarde desta quinta-feira (21) da decisão do Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba, que afastou cautelarmente o prefeito Berg Lima, acusado dos crimes de contratação de funcionários fantasmas e da prática de ‘rachadinha’.

Após a notificação, Kita, tomou posse como prefeito interino da cidade. A sessão foi transmitida via internet pelo canal da TV Câmara no YouTube, Facebook e Instagram. O vice-presidente da Câmara, vereador Inaldo Andrade, assume o comando da casa.

Kita afirmou que pretende realizar trocas em algumas secretarias, e solicitou ao secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, a indicação de um nome de sua confiança para comandar a pasta da saúde, na cidade. Outro nome que é visto com muito entusiasmo por parte da população é o de Welthima Figueiredo, cotado para ser o novo secretário de educação da cidade. Uma pasta que passa por uma grande turbulência devido à pandemia do novo coronavírus.

Entenda o caso

O prefeito de Bayeux, Berg Lima (PL), foi afastado do cargo pela segunda vez por decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba. Ele é acusado da contratação de servidores fantasmas na administração pública. De acordo com o parecer do Ministério Público, o gestor vinha empregando na prefeitura pessoas próximas a ele que não prestavam o serviço. O dinheiro dos salários, de acordo com a denúncia, era dividido entre o prefeito e os auxiliares fantasmas.

Um ponto muito discutido durante a sessão foi se Berg Lima, além de afastado, deveria também ser alvo de prisão preventiva. O desembargador relator disse ter enxergado elementos suficientes para determinar a prisão, mas acabou optando apenas pelo recebimento da denúncia e afastamento do cargo. O entendimento foi seguido pela maioria dos colegas. O único voto contrário ao afastamento foi da desembargadora Maria da Graças Moraes Guedes.

 

 

 

Weslley Lino

Jornalista, social media e assessor de comunicação.

Deixe seu comentário