Destaque Paraíba Política

João Azevêdo rebate delação Livânia Farias e nega recebimento de recursos ilícitos durante campanha

O governador João Azevêdo (sem partido) rebateu, na manhã desta segunda-feira (20), a delação feita pela ex-secretária de Estado da Administração, Livânia Farias, que citou um suposto encontro entre ele e empresas envolvidas na Operação Calvário. Segundo o chefe do Executivo estadual, não existe nada concreto, apenas a tentativa da construção de uma narrativa sobre sua reputação e que no final foi negado pela própria delatora.

“Absolutamente tranquilo, porque primeiro não tem essa coisa de que eu falei com empresas citadas na delação, o que existe, dito por uma delatora, é que uma empresa tinha me procurado e eu disse que me procurasse, e é obvio, em qualquer processo de eleição, qualquer pessoa que queira contribuir você manda procurar o setor financeiro ou quem coordena a campanha. São coisas que nem se concretizaram, ditos pela própria delatora”, afirmou.

Segundo o governador, agora cabe Ministério Público fazer os levantamentos, alçar provas e punir quem agiu de forma incorreta.

ASSISTA:

 

 

Redação com informações do WSCOM.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.