Novo hospital da PB com 100 leitos deverá ficar pronto em 10 dias

Novo hospital da PB com 100 leitos deverá ficar pronto em 10 dias

Profissionais de saúde que trabalharão no Hospital Solidário serão os aprovados, recentemente, em processo seletivo.

Começou, ontem quarta-feira (1) pela manhã, a montagem do novo Hospital Solidário, no estacionamento do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na Grande João Pessoa. Numa área de 2.490 m² e estrutura metálica, com cobertura lonada, a unidade terá, num primeiro momento, 100 leitos, exclusivamente, para pacientes diagnosticados com coronavírus, moderados e graves, podendo chegar a 200 leitos, caso haja necessidade.

O Hospital Solidário foi anunciado pelo governador João Azevêdo, na última segunda-feira (30), durante o programa “Fala Governador”. A previsão é que fique pronto em 10 dias.

“A ideia de fazer um hospital de campanha é que sai mais barato e fica pronto muito mais rápido do que se for reformar algum prédio, por exemplo. E como estamos falando de pandemia, a rapidez e agilidade são imprescindíveis para o combate do coronavírus. Além disso, temos uma UTI com 53 leitos disponíveis a uma distância de apenas 50m e toda a estrutura do Centro de Imagens do Hospital Metropolitano”, disse o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros.

O novo hospital atenderá os casos diagnosticados para o coronavírus, moderados a graves, vindos de todos os 223 municípios paraibanos, por meio de regulação, ou seja, a comunicação entre hospitais para informar onde há leitos disponíveis, facilitando e agilizando o atendimento. Se o caso for grave ou moderado, fica no próprio Hospital Solidário. Se for gravíssimo, deverá ser encaminhado para o Metropolitano que está preparando 53 leitos de UTI, somente para os casos de Covid-19 e ainda disponibilizará o Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), para o atendimento de casos da Covid-19.

Os profissionais de saúde que trabalharão no Hospital Solidário serão os aprovados, recentemente, em processo seletivo, de forma emergencial, devido à pandemia.

 

Fonte: PORTAL CORREIO.

 

Gilson Alves

Radialista DRT: 1.743 - PB e Jornalista DRT: 3.183 - PB. Diretor Geral do Jornal A Página.

Deixe seu comentário