Operação Calvário: Gaeco faz diligência no aeroporto Castro Pinto em busca de registro de voos

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) esteve na manhã desta terça-feira (15) no Aeroporto Castro Pinto, em Santa Rita, em decorrência da 5ª fase da Operação Calvário. O alvo são registro de voos de envolvidos na investigação, incluindo, segundo informações preliminares, do ex-secretário executivo de Turismo da Paraíba Ivan Burity.

As diligências no Aeroporto contaram com a participação da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Nesta manhã, o Gaeco desencadeou a 5ª fase da Calvário, que cumpre diversos mandados de busca e apreensão.

São alvos desta etapa da operação os hospitais Metropolitano, em Santa Rita, e Regional de Mamanguape, a Empresa Grafset, a residência de uma advogada e pessoas ligadas ao ex-secretário Executivo de Turismo, Ivan Burity.

Os dois hospitais que foram alvos nessa manhã são administrados pelo Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (Ipcep). A nova fase da “Calvário” investiga contratos da gráfica Grafset com o Governo.

 

 

 

 

 

Reprodução: Portal WSCOM.

Weslley Lino

Jornalista, social media e assessor de comunicação.

Deixe seu comentário