Denúncias e Polêmica Notícias

Porto em Cuba construído por Lula e Dilma sob investigação

De acordo com a colunista Mônica Bérgamo, da ‘Folha de São Paulo’, publicada no último sábado (9), o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), quer descobrir tudo que possa ter relação com o polêmico Porto de Mariel, em Cuba.

A obra é considerada uma das mais importantes das gestões dos governos petistas de Lula e Dilma. Uma auditoria será feita para encontrar qualquer irregularidade que possa estar envolvida com a obra, realizada em uma parceria com a Odebrecht, uma das principais investigadas da Operação Lava-Jato, comandada pelo juiz Sérgio Moro. Segundo Bérgamo, o Ministro da Transparência e Fiscalização e Controle já prepara uma equipe para auditar os contratos do porto.

A investigação promete ser reveladora e deve envolver também o Banco Nacional do Desenvolvimento, o BNDES. Isso porque a obra no país de esquerda, mesma tendência política do Partido dos Trabalhadores (PT), acabou sendo realizada com recursos do banco estatal. Michel Temer estaria desconfiado que o contrato entre o governo brasileiro e o cubano não tenha sido cumprido.

Isso porque Cuba deveria prestar serviços para empresas brasileiras, que reclamam da falta desse retorno. Conhecendo o histórico de Cuba, onde quase tudo está nas mãos do Estado, ou tem o governo como sócio majoritário, essa desconfiança aumentou ainda mais.

As suspeitas de irregularidades no financiamento da construção do porto cubano, envolvendo o BNDES, não são novidade. Inclusive, comenta-se que uma das funções do porto seria servir de rota para o narcotráfico e o tráfico de armas para a Coréia do Norte, numa conjunção armada das ditaduras comunistas para a expansão do regime.  Um navio venezuelano, com tripulantes armados cubanos, teria sido apreendido no Canal do Panamá com armas em direção à Coreia do Norte.

Teorias da conspiração de lado, o que há de concreto são os fortes indícios de que o dinheiro de impostos pagos pelo povo brasileiro tenha sido usado para financiar esta obra em Cuba, e não teria nada demais se não fossem as denúncias de que a ilha de Fidel não paga os empresários.

Quem se espanta com comunista dando calote ?

 

Foto destacada: Reprodução / Roberto Barricelli

Com informações de Blastingnews

Leia mais notícias em www.jornalapagina.com, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e em breve veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode comunicar erro ou enviar informações à Redação do Jornal A Página pelo número do WhatsApp (83) 9.98846.4407.

Vlamir Duarte
Vlamir Duarte
Graduando em Rádio & TV, natural de Bananeiras, apaixonado por artes, fotografia e formas de instigar o pensamento. No Portal Livre iniciei minha experiência profissional como redator, tendo depois exercido o cargo de chefe de reportagem e colunista. Escrever sempre foi meu hobby, contestar a melhor maneira de aprender a lutar por uma imprensa livre e isenta.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.