Prefeituras de João Pessoa e Campina, mantêm restrições, apesar de discurso de Bolsonaro

Prefeituras de João Pessoa e Campina, mantêm restrições, apesar de discurso de Bolsonaro

Em discurso na noite desta terça-feira (24), o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) pediu para que atividades como o comércio e escolas voltassem a funcionar, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) afirmou que as medidas restritivas adotadas estão mantidas na Capital paraibana. Da mesma forma, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, também decidiu manter as restrições e recomendações para isolamento social.

“As medidas restritivas adotadas estão mantidas na capital paraibana. Ao mesmo tempo, vamos continuar reforçando a rede de saúde e as ações de assistência e proteção social”, afirmou o gestor no Twitter.

Segundo ele, João Pessoa tomou decisões duras seguindo o que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS) e especialistas do setor, baseados na ciência e na experiência de outros países no enfrentamento à pandemia.

“Não pode haver espaço para divisões de qualquer ordem, pois há um protocolo internacional de prevenção a cumprir. O combate ao novo Coronavírus deve ser missão prioritária, porque a vida vem primeiro”, disse Cartaxo.

Já Romero, por meio de sua assessoria de imprensa, explicou que as medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias do município, Brasil e mundo, inclusive serão intensificadas. Ele ainda considerou um erro politizar a discussão.

 

 

Redação com informações do portal Mais PB.

Weslley Lino

Jornalista, social media e assessor de comunicação.

Deixe seu comentário